Considerado o maior evento de startups do mundo, o Startup Weekend, foi realizada pela quarta vez em Uberaba (MG), entre 23 e 25 de novembro. O evento foi patrocinado pelo Inova VLI, com o propósito de desenvolver ecossistemas de inovação ao longo da operação da companhia.

Essa edição foi ainda mais especial, Hayasaki, analista de Qualidade da Estação Ferroviária de Uberaba (MG), corredor Centro-Sudeste, foi um dos integrantes da equipe Fillei, premiada em segundo lugar.

A equipe desenvolveu um aplicativo para agendamento de consultas, sessões e atendimentos, além da avaliação dos estabelecimentos cadastrados. A ideia é viabilizar a prestação de serviços, tornando-os mais eficientes tanto para as empresas quanto para os consumidores. A proposta foi apresentada para uma banca avaliadora, que escolheu os três principais projetos dentre os 10 desenvolvidos.

A participação de Matheus destaca também a estratégia da VLI de desenvolver a inovação na companhia, com a adoção de ferramentas que promovam operações mais eficientes e dinâmicas, como o Design Thinking, por exemplo.

“Estamos 100% conectados com as inovações tecnológicas e incluindo essas ferramentas na resolução de problemas da companhia, com muita confiança nos resultados”, afirma Matheus.

 

Além de fomentar a inovação, o evento foi um momento importante de aproximação com a comunidade do Zebu Valley, o ecossistema de startups da cidade.

“O Startup Weekend ajudou a levar um pouco da VLI para os participantes, e trazer os aprendizados do final de semana para dentro de casa”, conta Camila Coury, analista de inovação.

Como prêmio, a equipe Fillei recebeu um troféu, dois meses de consultoria jurídica focada em inovação da empresa TonelliArantes, licença gratuita e isenção de mensalidade por um ano no Sistema de Gestão Bluefocus Cloud.

 

Você conhece o Startup Weekend?

A proposta do Startup Weekend é reunir estudantes e empreendedores de várias áreas em um final de semana intensivo, visando o desenvolvimento de protótipos de empresas e/ou projetos em apenas 54 horas. Para isso, são expostas inicialmente propostas em forma de pitchs (apresentações curtas para atrair investidores e clientes), a partir das quais são escolhidas as 10 ideias com maior potencial de desenvolvimento, de acordo com os próprios participantes. Logo após, são formados grupos de acordo com os projetos e afinidades de cada um.