VLI participa de maratona de inovação na UFMG e firma parceria com PUC Tec

Companhia aposta na interação com universidades para inovar

A VLI, companhia de soluções logísticas que integra terminais, ferrovias e portos, é uma das parceiras do Ruptura 4.0, evento promovido pela Escola de Engenharia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) para conectar estudantes de diversas faculdades e cursos com demadas de empresas em desafios no formato hackathon.

Durante o evento, que acontece entre amanhã e sábado (02), os participantes irão conhecer os problemas, receber mentorias e desenvolver as soluções que serão apresentadas para a banca avaliadora Os melhores resultados serão premiados. A VLI quer transformar a logística do Brasil com inovação e, para isso, busca soluções e novos negócios para modernizar o setor. No Ruptura 4.0 a empresa desafia os universitários a indicarem soluções baseadas em tecnologias emergentes que possam gerar valor para a companhia e para o setor logístico nos próximos 10 anos.

Parcerias para transformar

Outro movimento que conecta a VLI ao universo acadêmico é a parceria que acaba de ser fimada com o PUC Tec, programa de inovação aberta  da PUC Minas que reúne universidade e startups na construção de soluções para a sociedade. A companhia vai integrar o espaço dedicado ao PUC TEC, na WeWork Boulevard, e terá contato direto com as startups que estão sendo aceleradas. A expectativa é interagir e identificar oportunidades de contratações, mentorias, desenvolvimento em conjunto e possíveis investimentos.

A parceria com o PUC Tec não é a primeira. Em 2019, a programa de inovação aberta Inova VLI está ampliando as relações da companhia com o espaços de inovação no Brasil. A companhia quer cada vez mais conectar demandas do setor logístico com processos e soluções transformadoras.

A VLI é parceria do Cubo Itaú, em São Paulo, maior hub de fomento ao empreendedorismo tecnológico da América Latina, do Black Swan, em São Luís (MA), maior espaço privado de inovação das regiões Norte e Nordeste e, mais recentemente, do Impact Hub Belo Horizonte, ambiente de inovação que integra uma rede global focada em impulsionar a colaboração e empreendedorismo em torno dos 17 objetivos globais de desenvolvimento sustentável.